Projeto “Medos e Monstros”: Contextos para o ensino da leitura e da escrita

Olá pessoal!

Diálogo, responsividade, interação, brincadeira, muita e muita imaginação, são para nós do Crinfancia, as bases para o ensino da leitura e da escrita!  O  pensamento de Vigotski,o qual apresentamos a seguir, é considerado por nós um princípio, uma regra que orienta toda e qualquer experiência de ensino-aprendizagem no campo da leitura e da escrita que planejamos ou chegamos a propor às crianças:

“[…] desenhar e brincar deveriam ser estágios preparatórios ao desenvolvimento da linguagem escrita das crianças. Os educadores devem organizar todas essas ações e todo o complexo processo de transição de um tipo de linguagem escrita para outro. Devem acompanhar esse processo através de seus momentos críticos, até o ponto da descoberta de que se pode desenhar não somente os objetos, mas também a fala. Se quiséssemos resumir todas essas demandas práticas e expressá-las de uma forma unificada, poderíamos dizer que o que se deve fazer é ensinar às crianças a linguagem escrita, e não apenas a escrita das letras”( Vigotiski, 2007, p. 145)

Desse modo, o projeto “Medos e monstros”, que está quase chegando ao fim de seu desenvolvimento, constitui-se em uma experiência de ensino-aprendizagem permeada de muitas histórias, rodas de conversa, desenhos, confecção de gráficos e tabelas. Ou seja,tenho tentado provocar nas crianças a necessidade de “escrever” e “ler”, o que faz sentido,o que lhes instiga a imaginação e alimenta a fantasia.

Sendo assim, como podemos ver, na tabela acima: na primeira coluna listei os medos relatados pelas crianças em uma de nossas rodas de conversa, na segunda aqueles mencionados pelo familiar entrevistado e na última coluna os medos que apareciam nas histórias que eu lia. As palavras eram escritas somente uma vez, ou seja, se na construção da segunda ou última coluna aparecessem medos já mencionados na primeira, estes não se repetiam. E, assim…

  • A escrita de letras veio como uma brincadeira, quando propus às crianças a criação do nosso alfabeto do terror

 

  • O desenho a acompanhou a leitura da carta enigmática, que veio após ouvirmos e assistirmos o vídeo “Tem gente que…”

Observação: Este é o link que dá acesso à música citada:

E, assim estamos finalizando o nosso projeto. Aguardem, no decorrer dos próximos dias realizaremos uma atividade de culminância do projeto, nos acompanhe!

Ah, neste e em outros posts tenho deixado aqui, a sequência das atividades que acompanham o desenvolvimento deste projeto, fiquem à vontade para utilizá-las e recriá-las, mas não deixem de nos contar quais  foram os resultados.

Um forte abraço;

Eliane

Referência: VIGOTSKI, L. S, A Formação Social da Mente,  2007, 7ª edição,Martins Fontes, 2007 São Paulo – SP.

4 respostas para “Projeto “Medos e Monstros”: Contextos para o ensino da leitura e da escrita”

  1. Excelente!!! Muito criativo e bem planejado.

    1. Eliane Cristina Freitas de Souza disse:

      Obrigada!

  2. Milena disse:

    Adorei 👏👏👏👏

    1. Eliane Cristina Freitas de Souza disse:

      Obrigada!
      Ficamos felizes com a sua participação!
      Beijo
      Alini, Eliane e Monica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *