“O baú de histórias”

ORGANIZAÇÃO DOS OBJETOS NA CAIXA
Fundamentos Teóricos da Atividade: Antes de iniciarmos a dica de hoje, é importante refletirmos sobre o porquê de solicitarmos aos familiares que enviem objetos ou brinquedos da preferência da criança para o contexto escolar. Primeiro porque, pode servir como referência para que a criança compreenda que nem tudo nesse novo contexto é estranho, ou seja, esse recurso contribui para desenvolver o sentimento de pertencimento e segurança. E, segundo porque, mediante esses objetos você poderá dar visibilidade à história de cada criança e ao mesmo tempo construir as narrativas de sua turma.
Providencie uma caixa de papelão, que chamaremos de “baú de histórias”. E, independentemente da faixa-etária de sua turma, à medida que as crianças forem colocando os objetos na caixa, exponha em local acessível onde elas possam manipular livremente os objetos ou brinquedos que trouxeram.
– Observe e registre como se dará as interações entre as crianças a partir dos objetos que trouxeram:
Ø  Compartilha o seu objeto com outra criança?
Ø  Nomeia o seu objeto?
Ø  Que sentidos e significados as crianças produzem acerca dos seus pertences? Ou seja, ao brincarem as crianças transformam os objetos para atender o contexto do seu faz-de-conta? Exemplo: Uma boneca no contexto da brincadeira assume o papel de filho enquanto a criança assume o papel de mãe.
Ø  Relata fatos que remetam a relação da criança com o seu pertence e sua família (suas memórias)?
A partir dessas e outras observações que considerar importantes, você poderá planejar suas intervenções para as próximas etapas dessa sequência de atividades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *