Da brincadeira da “Cabra-cega” ao texto informativo (intergeneracidade)

 Por meio da intergeneracidade é possível trabalhar o texto instrucional na Educação Infantil, de modo a tornar a prática da leitura uma brincadeira. Para exemplificar, apresentamos a seguir, o poema “Cabra-cega”, das autoras Mércia Maria Leitão e Neide Duarte.

A intergeneracidade consiste conforme, explica Koch (2006), em um um fenômeno de hibridização, de mistura de gêneros ou de intertextualidade intergêneros. Ou seja, consiste na possibilidade de um determinado gênero apresentar uma forma híbrida, isto é, apresentar a forma de outro gênero.

Nesse sentido, as autoras,  Mércia Maria Leitão e Neide Duarte, explicam como brincar de cabra-cega utilizando-se do poema “Cabra-cabeça”. Para nós do CRINFÂNCIA, a utilização deste gênero textual  se aproxima do interesse  da criança, pois o jogo de palavras presente nele aguça a sua curiosidade e ao mesmo tempo facilita a compreensão de como brincar.E, é pensando nisso que nós do CRINFANCIA, sugerimos a você professor (a) apresentar as regras dessa brincadeira por meio do poema das autoras supracitadas e do texto instrucional.


REFERÊNCIA: Leitão, Mércia Maria; Duarte, Neide, FOLCLORICES DE BRINCAR, 2009, São Paulo, Editora do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *